/

Certificação da Gestão Florestal

A gestão florestal sustentável e a sua acreditação, surge atualmente como um novo desafio imposto aos produtores florestais, pelas atuais tendências de mercado, cada vez mais exigente e competitivo, pelas recentes exigências ambientais e pelas cada vez mais visíveis exigências sociais.

Gerir uma floresta de forma sustentável, significa administrar e explorar os seus recursos de uma forma e a um ritmo que mantenha a sua produtividade, diversidade biológica, capacidade regenerativa, vitalidade e potencial para realizar, no presente e no futuro funções ecológicas, económicas e sociais relevantes aos níveis local, regional e global, não causando danos a outros ecossistemas.

Em Portugal existem dois sistemas de certificação: FSC ® - Forest Stewardship Council® e PEFC ™ – Pan European Forest Certification Council.

Em 2007 a APAS Floresta criou o Grupo de Gestão Florestal Certificada da APAS Floresta (GGFC APAS Floresta), o qual foi reconhecido pela primeira vez em outubro de 2008, pelo sistema de gestão florestal FSC®, mantendo-se até à data.

A norma de certificação FSC® assenta no cumprimento de 10 princípios e 56 critérios, dos quais apenas não é aplicável em Portugal o princípio 3:

P1: Cumprimento da legislação: respeito pelas leis nacionais e pelos acordos internacionais

P2: Proteção dos direitos dos trabalhadores e das condições de trabalho

P3: Reconhecimento e proteção dos direitos dos povos indígenas (não aplicada a Portugal)

P4: Relações com as comunidades: salvaguarda do bem-estar das comunidades locais

P5: Benefícios da floresta: uso eficiente dos produtos e serviços florestais

P6: Valores e impacte ambientais: conservação dos serviços dos ecossistemas

P7: Planeamento da gestão florestal

P8: Monitorização e avaliação da floresta e da gestão florestal

P9: Proteção dos Altos Valores de Conservação

P10: Implementação das atividades de gestão

O GGFC da APAS Floresta abrange atualmente o território nacional, resultado de uma procura cada vez mais crescente dos proprietários e produtores florestais pela valorização dos seus produtos e uma melhoria na gestão florestal praticada.

O âmbito do Certificado do nosso Grupo abrange: rolaria de Eucalyptus sp., rolaria de pinheiro (Pinus pinaster e P. pinea), cortiça e pinhas de pinheiro manso, tendo o proprietário a possibilidade de vender estes produtos com uma bonificação. O proprietário/produtor aderente do sistema é livre de efetuar a venda a qualquer intermediário, devendo sempre respeitar as regras e procedimentos dos sistema de gestão florestal sustentável implementado pelo grupo.

A área florestal certificada no âmbito do GGFC APAS Floresta é maioritariamente ocupada por eucalipto, e seguida por sobreiro, pinheiro bravo e pinheiro manso.

(Código de Licença: FSC-C002871)

Para aceder à listagem de aderentes ao GGFC da APAS Floresta carregue no link:

ADERENTES AO GGFC DA APAS FLORESTA

O questionário ás partes interessadas (aceda AQUI) pretende recolher a opinião da população, habitantes, visitantes, entre outros, sobre a atividade desenvolvida numa propriedade certificada na gestão florestal, pelo Grupo de Gestão Florestal da APAS Floresta. A sua opinião é importante para nós!

Esta consulta tem o objetivo de avaliar os impactos sociais das atividades florestais realizadas em cada Unidade de Gestão Florestal. Não se esqueça de identificar o nome da propriedade, do gestor ou uma descrição da localização e a atividade em causa.

O questionário pode ser remetido para a APAS Floresta por correio ou e-mail ().

CONSULTA AOS ALTOS VALORES DE CONSERVAÇÃO - Contatar a APAS Floresta via mail pelo ggfc@apasfloresta.pt.

Para qualquer esclarecimento contate o GGFC da APAS Floresta.

Para aceder à política do GGFC da APAS Floresta carregue no link:

Política do GGFC da APAS Floresta

Para aderir ao GGFC da APAS Floresta preencha a ficha de candidatura e envie para a APAS Floresta, ou se preferir, entre em contacto connosco.

O GGFC da APAS Floresta tem implementado e disponível publicamente um mecanismo de resolução de conflitos/disputas e reclamações para os agentes e partes interessadas do sistema.

Para tal disponibilizamos os seguintes formulários:

Procedimento de Resolução de Conflitos

Formulário de Reclamação

As queixas/reclamações, conflitos, disputas podem ser relacionadas com direitos consuetudinários, legislação, impactes das atividades de gestão, queixas de trabalhadores nomeadamente relacionadas com casos de assédio moral e sexual e discriminação (com base no sexo, estado civil, parentalidade, orientação sexual, raça e religião), bem como relacionadas com perdas ou danos de propriedade, doenças profissionais ou acidentes de trabalho.

Salientamos que será sempre salvaguardada a confidencialidade da reclamação.

Para mais informações contate o GGFC da APAS Floresta através dos contatos da associação.